Quartos pequenos Veja dicas de como decorar- Seu moa

Ambientes com limitação de espaço costumam ser desafiadores no quesito decoração. Quando se trata de um quarto pequeno, encaixar móveis como cama e guarda-roupa pode parecer algo impossível.

Porém, com um pouco de criatividade e algumas dicas de como decorar, um quarto pequeno pode se transformar em um ambiente aconchegante, com o espaço disponível super otimizado.

Se você está diante desse “quebra-cabeça”, veja algumas dicas práticas de como decorar quartos pequenos e ter muito mais espaço do que você imagina.

Quarto sob medida não é a única opção

Muita gente acredita que cômodos pequenos só conseguem ter aproveitamento de espaço com móveis sob medida.
Ainda que essa seja uma opção interessante, é importante ter em mente que ela não é única: é possível decorar quartos pequenos com móveis comprados separadamente.

Quem tem a possibilidade e prefere o design sob medida, consegue construir um ambiente que aproveita mesmo os pequenos cantos. Mas se este não for o seu caso, saiba que tem como fazer uma decoração incrível com elementos soltos.

Por isso, para começar a decorar e tirar essa ideia de que somente móveis sob medida funcionam, uma boa pesquisa de referências pela internet é importante.

Tire as medidas

Por mais que o seu olhar pareça treinado para identificar o tamanho dos móveis e objetos, um quarto pequeno não deixa muito espaço para “chutes”.

Assim, antes de começar a pensar em decoração e a colocar as referências pesquisadas em prática, é preciso dedicar algum tempo para tirar as medidas.

Nessa fase de decoração, a trena será uma grande aliada! E além de tirar as medidas do cômodo, identificando os espaços das portas e janelas, lembre-se de conferir o tamanho de cada móvel e se certificar de que eles cabem no local.

Escolha das cores

Não é novidade que as cores são capazes de estimular sensações e sentimentos. Ao fazer uma escolha estratégica de cores, você consegue criar uma atmosfera que parece maior do que realmente é.

Nesse sentido, é interessante optar por cores claras, que possuem um potencial de reflexão da luz maior do que tons fortes.

Na prática, significa que cores como cinza, branco e bege em paredes e móveis vão espalhar a luz natural ou artificial com mais facilidade, o que cria a sensação de amplitude em um ambiente.


Para dar mais vitalidade ao cômodo, deixe para aplicar as cores em pequenos objetos ou em elementos decorativos, como almofadas criativas em cima da cama.

Novas funções para velhos objetos

Em um quarto, independentemente do tamanho, existem dois móveis que sempre marcam presença: a cama e o guarda-roupas.

Além desses dois móveis, é comum que as pessoas tenham uma mesa de cabeceira, uma poltrona ou até uma bancada de apoio.

Em quartos pequenos, uma dica de decoração é substituir esses móveis tradicionais por outros menores, conseguindo alcançar a mesma função.

Um exemplo prático é um banquinho como mesinha de apoio. Esse item ocupa muito menos espaço, mas permite que você acomode pequenos objetos.

Uso de prateleiras

Outro recurso que ajuda na decoração de quartos pequenos é o uso de prateleiras. E, nesse sentido, existem diferentes possibilidades.

Para começar, você pode aplicar prateleiras em uma parede do quarto. Locais como a parte de cima ou lateral da cama, ou mesmo uma parede que não possui móveis grandes, são boas opções.

Você também pode aplicar prateleiras na parte superior das paredes, próximas ao teto. Elas são ótimas opções para inserir elementos decorativos ou mesmo apoiar itens como livros, que não são usados sempre.

Detalhes que otimizam o espaço

Em um quarto pequeno, os detalhes fazem toda a diferença para a otimização do espaço disponível. Ter essa ideia em mente ajuda a fazer escolhas estratégicas.

Por exemplo, ao invés de usar um guarda-roupa em que as portas abrem para frente e ocupam um espaço considerável, opte por um modelo com portas de correr.

Outra dica é contar com uma cama box com gavetas ou baús. Esse espaço embaixo da cama pode servir para acomodar cobertores, toalhas ou mesmo itens que não são usados com tanta frequência.

Para um quarto pequeno infantil, em que mais de uma criança usa o mesmo quarto, as bicamas ou beliches são opções inteligentes, que economizam espaço.

Utilize acessórios que ocupam pouco espaço

Para que um ambiente tenha a cara de quem o utiliza, os acessórios decorativos são grandes aliados.

Porém, em um quarto pequeno, é interessante optar por elementos de decoração que ocupam pouco espaço.

Alguns exemplos são quadros nas paredes, flâmulas, móbiles, luminárias estilo pendente ou pisca-pisca e até luzes neon.

Você também pode colocar sua personalidade na escolha dos papeis de parede ou das roupas de cama.

E para que o seu ambiente não tenha o aspecto de “cheio” ou “bagunçado”, opte por deixar exposto sobre móveis alguns poucos objetos, aqueles que são mais importantes. Isso ajuda a criar a sensação de um ambiente amplo.

Mais espaço no quarto pequeno

A verdade é que, ainda que seu quarto tenha uma limitação em metragem, existem várias soluções que permitem ter mais espaço – mesmo em pequenos ambientes.

Pensar estrategicamente no que você tem em mãos e seguir dicas criativas deixa tudo muito mais simples!

Por isso, quando você começar a decorar seu quarto pequeno, não se esqueça de buscar referências, contar com as medidas do ambiente, otimizar os espaços e pensar nos detalhes.

Tudo isso vai fazer com que o seu quarto pequeno ganhe mais espaço, seja na sensação proporcionada pelas cores e pela organização, ou pela otimização dos móveis.

Depois desses pequenos ajustes, certamente o seu quarto pequeno vai ocupar um grande espaço na sua rotina!