9 dicas para decorar a casa gastando pouco

Ter um ambiente agradável e bem decorado é o sonho de muita gente, mas por vezes, esse objetivo parece impossível, especialmente quando se tem um orçamento limitado. Porém, a boa notícia é que existem dicas para decorar a casa gastando pouco.
Para te ajudar na tarefa, selecionamos 9 dicas essenciais para colocar a mão na massa, transformar qualquer ambiente e não comprometer o seu bolso. Assim, além de ter um espaço agradável, suas finanças ficam em dia! Confira!

Escolha uma peça de destaque


Uma das tendências do design de interiores para 2021 é montar um ambiente em que exista uma peça de destaque, que será o ponto de atenção central.
Em uma cozinha, por exemplo, a peça de destaque pode ser um jogo de cadeiras de cores diferentes. Na sala, um bom destaque seria uma poltrona colorida, cheia de personalidade.
Alguns desses itens são fáceis de encontrar em lojas de móveis usados, em brechós ou feiras de antiguidade. Por isso, é uma ótima forma de decorar a casa, gastando pouco.

Utilize decorativos nas paredes


Outra possibilidade para renovar seu ambiente é o uso de decorativos nas paredes. Decorativos são peças, geralmente feitas em MDF ou plástico, que podem ser afixadas nas paredes, como um quadro de formato dinâmico.
Essa estrutura permite uma grande variedade de temas, desde objetos geométricos até os famosos letterings, que funcionam muito bem na sala e no quarto.
Existem ainda os decorativos em tecido, que são semelhantes a bandeiras, para fixar nas paredes. Dependendo do ambiente, esse tipo de decorativo pode criar um foco de atenção interessante.
Outra vantagem dos decorativos é que não há necessidade de furar as paredes ou fazer grandes transformações para aplicá-los. É uma forma bem prática de deixar um ambiente mais charmoso. E claro, os decorativos são bem acessíveis no quesito custo.

Nichos e prateleiras


Para muitas pessoas, os nichos e prateleiras possuem funções meramente funcionais: são elementos utilizados para acomodar objetos e deixar a casa mais organizada. Mas você já pensou em usar estes itens como decoração?
Você pode posicionar nichos em uma parede, fazendo diferentes combinações. Dentro desses nichos, escolha objetos decorativos que tenham a ver com a sua personalidade para criar uma composição.
As prateleiras também são aliadas interessantes e, aqui, a dica é posicioná-las em lugares não tão comuns, como a área acima do batente da porta e o espaço próximo ao teto. Assim, você aproveita todos os cantinhos da casa e cria uma decoração única!

Almofadas de formatos diferentes


As almofadas são velhas conhecidas da decoração, especialmente na sala de estar. Com a possibilidade da troca de capa, é uma forma simples e barata de renovar o ambiente.
Porém, com as almofadas temos duas dicas para decorar a casa gastando pouco: a primeira, é levar as almofadas para outros ambientes, como o quarto do casal, permitindo que o local também seja “repaginado”.
A segunda dica é optar por almofadas de formatos diferentes. Além das tradicionais quadradas, existem almofadas retangulares, redondas e até em formas específicas, como nós.

Telas de artistas locais


Quadros são ótimas ferramentas para decorar um ambiente, principalmente salas ou quartos com todas as paredes brancas. Se você gosta de telas ao invés de pôsteres, pode acabar desanimando com o valor delas.
A solução é simples: ao invés de buscar por telas de artistas famosos, valorize o trabalho de pessoas que moram na sua cidade. Se a sua região conta com uma feira de artesanato, certamente haverá um pintor com bons quadros para vender.
Ao comprar de um artista local você fomenta a economia da sua cidade e incentiva os pequenos empreendedores. Uma ótima ideia, não é mesmo?

Móbiles na composição


Agora, se você já tem quadros ou não quer ter que escolher artes novas, uma boa dica para decorar a casa gastando pouco é a aplicação de móbiles.
Os móbiles são itens decorativos, que podem tanto ficar encostados na parede, quanto pendurados em um canto da sala, pendentes.
Além da sala de estar, o quarto também ganha ao contar com um móbile, compondo com a cabeceira da cama, por exemplo. Modelos e cores não faltam para escolher o seu.

Um novo tapete


Outra forma acessível de decorar a sua casa é ao trocar o piso do ambiente. Mas calma! Não estamos falando de reformas e a aplicação de novas peças, mas sim do uso de um novo tapete.
Os tapetes hoje contam com design para todos os gostos e estilos, com opções bastante modernas.
Para economizar, vale comprar um tapete usado e mandar para uma empresa especializada na limpeza desses tecidos. Com produtos especiais, o tapete vai ficar com aspecto de novo, e o seu ambiente será renovado com sucesso!

Uma parede nova


Uma forma de decorar um ambiente, sem grandes esforços financeiros ou manuais, é ao escolher uma parede para receber uma nova “embalagem”.
Nesse caso, além da pintura com tinta normal para parede, você pode optar por revesti-la de papel de parede ou mesmo usar um grande espelho, que é capaz de criar a sensação de amplitude em um ambiente.
Uma forma de escolher a parede para essa transformação é entender qual ponto do ambiente você quer dar destaque. Na sala, a parede “diferente” pode estar atrás da televisão, enquanto no quarto, pode ser aquela que a cama será posicionada.

Entre no mundo do DIY

DIY é a sigla para Do It Yourself, em português Faça Você Mesmo. A proposta por trás do conceito é simples: colocar a mão na massa, com os recursos que você possuir.
E quando falamos em decorar a casa gastando pouco, o DIY tem um vasto campo de informação. Na Internet, é possível encontrar milhares de tutoriais para construir diferentes móveis com caixotes de feira ou mesmo pallets.
É claro que você vai precisar de um tempo à mais para se dedicar às tarefas e construir itens legais, mas saiba que além de economizar, os DIYs ajudam a revelar e melhorar habilidades manuais.

Criatividade, uma boa pesquisa e muita dedicação é tudo o que você precisa para decorar a sua casa, gastando pouco. Em uma era de informação como a que vivemos, sugestões práticas não faltam.
Ao optar por fazer pequenas transformações que não pesam no bolso, você consegue criar um ambiente único, cheio de vida e de personalidade, com a tranquilidade de não extrapolar o orçamento. A melhor forma de curtir sua casa!